terça-feira, fevereiro 06, 2007

UMA VERDADE INCONVENIENTE

Vi ontem este documentário sobre as apresentações do ex-futuro presidente dos Estados Unidos, Al Gore.
O primeiro facto é muito positivo, foram exibidas duas sessões, às 15:00 para os funcionários da câmara de Lisboa (grandes empregos), às 19:00 para o publico em geral, ambas gratuitas.
Segundo facto, a sala estava meio preenchida, Lisboetas desatentos ou despreocupados.
Vamos ao que me interessou, este Filme /documentário alerta para o que a maioria dos presentes na sala já sabe ou sabia, O Perigo do aquecimento global, sendo assim este documentário foca com algum rigor, os motivos, de ordem demográfica, CO2, energias não renováveis, etc., etc., e a falta de acção dos políticos em especial dos USA.
O que me surpreendeu foi a capacidade de Al gore e do realizador Davis Guggenheim, de acompanharem as explicações de carácter cientifico com a vida pessoal de Al gore, e com isso introduzirem mais um factor de confiança para o público, desde os seus tempos de criança, veja-se a história de que o Pai era um grande produtor de tabaco, e a irmã morre com cancro do pulmão, de universitário felizardo, por ter tido um visionário Professor, etc. etc., A não eleição para presidente e a quase morte de um filho. Acho que não se quis expor na sua vida particular deliberadamente. Também ao mostrar um pouco de Animação (banda desenhada) se fica a saber que tem um fino sentido de humor (nos Simpsons e no sapo escaldado).
Al Gore desloca-se a Lisboa, onde proferirá duas conferências no espaço de um mês: a 8 de Fevereiro e a 7 de Março. Al gore foi também proposto para o Nobel da Paz, “Um dos pré-requisitos para ganhar o Nobel da Paz é fazer a diferença e Al Gore fez essa diferença”, explicou o ex-ministro do Ambiente e deputado conservador norueguês Boerge Brende que com a sua colega socialista Heidi Sorensen vai sugerir ao Comité Nobel a nomeação de Al Gore e da activista ‘inuit’ (esquimó) Sheila Watt-Cloutier.
“É Difícil um homem compreender uma situação, quando o seu salário depende de não a compreender”
É uma frase marcante de “Uma Verdade Inconveniente”, já todos sabemos o que se passa, sentimos por exemplo a alteração nas estações do Ano, o que Al Gore está a fazer... É NÃO FICAR INDIFERENTE!! FAÇAM QUALQUER COISA.
AH! E VEJAM O FILME!!!

2 comentários:

K (earth friendly) disse...

Eu faço tudo o que está ao meu alcance, sou amiga do ambiente e sensibilizo os outros para fazerem o mesmo! E tu?!

TATO disse...

Claro que julgo tb fazer algo de util, utilizo lampadas economizadoras de energia, separo o lixo, ando com um saco no carro para colocar o meu lixo , etc.
Nada é demais.